sexta-feira, 24 de julho de 2009

Enfio debaixo das cobertas
Coração pelado, descarado, aberto
Meus cabelos molham o travesseiro
Desprendo o fecho do sutiã por baixo do pijama
Tiro um braço, depois outro e me livro

Acordei e ouvi o barulho
Barulho de memórias soltas e confusas dentro da bagunça
A vida passa por você e morde seu pé
O céu correndo sempre
Vou continuar dentro, de cada momento, sozinha comigo mesma
Entre todo o mundo
Vamos nessa????

Maquiar, enfeitar, inventar
Meu mp3 frito de tanto Nina Simone
Levanto
Acendo um incenso anti-stress
Vou ao banheiro
Faço xixi com cheiro de chá

Nenhum comentário:

Postar um comentário