quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Acordei transbordando alegria.......
Cheia de melodia. Vestida de flores.
Fora de mim, dentro de quem eu adoro.
Estou naqueles dias em que tudo vale a pena.
Abraço o mundo!
Deixo o sol entrar.
Sem querer entender.
Perdida na minha imensidão, no meu desejo de mar.
Tenho um encontro marcado
Quando o carnaval chegar

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010


Há um lado em mim que flutua de alegria. Mas há outro lado que estremece de medo.
Há um lado em mim inevitavelmente envolvido. Mas há outro lado que se mantém racional.
Há um lado em mim confiante e otimista. Mas há outro lado que precisa de ver para crer.
Há um lado em mim que consegue esperar. Mas há outro lado que se enche de ansiedade.
Mas ambos, não estão em guerra. Só existem simultaneamente apenas.
Pacificamente.
Por agora, pelo menos.


* Faltam 17 dias para a mudança.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010


Espalhe alegria com o seu sorri, terno, eterno, quase fraterno.
Conta-me o seu segredo e deixa-me ouvir.

Dá-me uma das suas muitas mãos.
Nelas encontro minha paz.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010


 Fui atacada de madrugada com um beijinho macio na bochecha!



Acordei com o rosto banhado de um sorriso sonhador.


Somewhere over the rainbow na voz suave de Norah Jones


Somewhere over the rainbow
Algum lugar além do arco-íris
Way up high,
Acima das montanhas
And the dreams that you've dreamed of
Há uma terra que eu ouvi falar
Once in a lullaby.
Uma vez em uma canção de ninar


Somewhere over the rainbow
Algum lugar do arco íris
Bluebirds fly,
Onde pássaros azuis voam
And the dreams that you've dreamed of
Onde o céu é azul
Dreams really do come true.
E os sonhos que você ousa sonhar


Someday i'll wish upon a star
Realmente tornam-se realidade um dia eu quis alcançar uma estrela
And wake up where the clouds are far
E acordei onde as nuvens estão longe
Behind me.
Atrás de mim
Where troubles melts like lemon drops
Onde problemas se derretem como balas de limão
High above the chimney tops
No lugar acima do topo das chaminés
That's where you'll find me.
É onde você me achará!


Somewhere over the rainbow
Algum lugar além do arco-íris
Bluebirds fly.
Pássaros azuis voam
And the dreams that you dare to..
E os sonhos que você usa sonhar
Oh why, oh why can't i?
Oh, por quê? Por que eu não posso?


Well, i see
Bom, eu vejo
Trees of green and red roses too,
Árvores verdes e rosas vermelhas também,
I'll watch them bloom for me and you
Eu vou prestar atenção neles florescendo, por mim e por você.
And i think to myself,
E eu penso comigo mesmo
What a wonderful world.
Que mundo maravilhoso


Well i see,
Bom, eu vejo
Skies of blues and, clouds of white,
Azuis do céus e brancos das nuvens,
And the brightness of day, i like the dark
E a claridade do dia, eu amo a escuridão
And i think to myself,
E eu penso comigo mesma
What a wonderful world.
Que mundo maravilhoso


The colors of the rainbow so pretty in the sky
As cores do arco-iris tão lindas no céu
Are also on the faces of people passing by
Estão também nas faces das pessoas que passam perto
I see friends shaking hands saying how do you do
Eu vejo amigos agitando as mãos dizendo como você faz
They're really saying i... I love you.
Eles estão realmente dizendo eu... Eu amo você


I hear babies cry, i watch them grow
Eu ouço bebês chorar, eu os vejo crescer
They'll learn much more than really know
Eles vão aprender muito mais do que eles sabem
And i think to myself
E eu penso comigo mesma
What a wonderful world.
Que mundo maravilhoso


Someday i'll wish upon a star
Um dia eu quis alcançar uma estrela
And wake up where the clouds are far
E acordei onde as nuvens estão longe
Behind me.
Atrás de mim
Where troubles melt like lemon drops
Onde problemas se derretem como balas de limão
High above the chimney tops
No lugar acima do topo das chaminés
That's where you'll find me.
É onde você me achará!


Somewhere over the rainbow
Em algum lugar do arco-iris
Way up high,
Bem lá no alto,
And the dreams that you dare to
E os sonhos que você ousa sonhar
Oh why, oh why can't i?
Oh, por quê? Oh por que eu não posso?




quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Não tranquei as portas, nem fechei as janelas....
Que entrem passarinhos na minha casa,
Que invadem a cozinha, entrem na sala
Ilumine meu quarto e façam ninhos entre os travesseiros,
No quente da cama desarrumada.
Que se escondam atrás da cortina branca
E vasculhem as gavetas,
Que levem meus escritos, meus rascunhos.
As portas estão abertas. Assim como a janela.
Que entrem os passarinhos e transformem minha vida!



Minha nova tatuagem, na verdade são 3. Fiz todas semana passada.
Indentifico muito com bichinhos que tem asas.
Amo minha liberdade e assim, respeito cada individuo como tal.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010


                                                                            
                                                                              Ontem
Adormeci longe. Rápido. Cansada.
Acordei com planos para o carnaval.
Reli suas mensagens.
Achei estranho depois que eu desliguei o telefone.
Não senti saudades .
Senti a paz de sua companhia em minha alma.
E fui trabalhar.......
Com o corpo cheio de estrelas e o céu de beijos.
Danço abraçada a você no coração.
E a pele arrepia, o ar vibra .

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O sol lembrou de mim esta manhã.
Voltei a correr, a pisar no chão cinza,
Voltei a ver o verde, o lago, meu paraíso.
Passos largos, quero vento, que aumente mais minha sensação de paz.
A saudade serena,
Ouve-se de longe um desejo que cresce,
Sem medo de ausências ou desencontros.
 Nuvens de sonhos cor branca, leves e frescas.
Olho para o céu, recordo com esperança o azul que se traduz em mim.


Um dia de cada vez, nesta entrega à vida.
Da forma que eu vejo o mundo, do tamanho que eu quiser.
Lá no alto, cada Estrelinha que me acompanha, no coração sempre.

Encho meus pulmões de ar
Neste rebuliço de emoções e incertezas.

O Tempo
vestido
de verão.




sexta-feira, 15 de janeiro de 2010


Tenho saudades! Fácil, sereno.
De manhã ao acordar!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010


O sol já brilhava lá fora
Logo cedo lembrava dos mimos da noite passada, a voz suave, tímida.
Acordei iluminada, pisando de mansinho pelas calçadas da Paulista
Cosquinhas no estômago, cantava meu velho Bob Dylan
E fui trabalhar .... leve como borboleta ...
Recebi sua mensagem assim, sem esperar, tão cheia de carinho
Senti aquele calorzinho por dentro, bochechas avermelhadas ....
Sim, a vida é engraçada!
Tão cheia de surpresas!!!!!




E hoje sinto-me assim, e quero continuar.
Vou arriscar, mas vou, vou sentir.
Vou ganhar, vou perder, vou sorrir.
Vou viver!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010


Perfumou-se, maquiou a pele clara, prendeu seus cabelos

Fiquei avistando entre o formigueiro de pessoas, lembrando dos momentos bons,
E a pressa que me apressava, neste encontro de uns quantos minutos. Breves.
O frio que sentia não era no corpo, mas no coração, minhas despedidas
As horas estavam contadas…
O beijo e o silêncio
Gostei de sentir o coração sorrindo.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010


Estranha essa sensação serena. É tão leve.
É o estar bem só porque sim. Sem mais. Sem menos.


Tudo está em mim. De mim para mim, de dentro para fora.

Um mundo ao contrário. E a nuvem cinzenta vai tampando meus olhos do feio e frio.




Vou estar por aqui, por algum tempo.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010




Se há algo que não gosto muito, é recordar o passado. Para frente é que é o caminho.
No entanto, se houve ano cheio foi 2009. Foi um ano feliz, engraçado e de mudanças bruscas.
Chorei lágrimas vindas da alma , recebi amor sem medida. Passei noites infinitas acordada nos meus sonhos.
Fiz 27 anos, aprendi uma lingua nova.
Conheci o Fabio Rocha, a Jújú, Julinho, Susanne, Jú, Fabi.
Fiz surpresas e muito amor.
Discuti muito. Lutei. Tirei a máscara de uma pessoa.
Senti saudades proporcionais à distância.
Percebi que com o sorriso tudo corre melhor e que, se pedir com o coração, os desejos se realizam sempre.
Percebi que é difícil ver apenas com os olhos e sentir apenas com o coração.
Olho para trás e tudo passou a voar. Um quase sonho de segundos.

2010 começa com  Mudanças, com cheirinho de Vida Nova.
O coração Aberto, cheio de Despedidas que, prefiro nem pensar.
Que  seja um ano igualmente intenso e repleto.
Comigo melhor. Maior. Infinita. Cheia de força.
-
Obrigada a todos por tornarem meu sonho possível.