quarta-feira, 6 de janeiro de 2010


Estranha essa sensação serena. É tão leve.
É o estar bem só porque sim. Sem mais. Sem menos.


Tudo está em mim. De mim para mim, de dentro para fora.

Um mundo ao contrário. E a nuvem cinzenta vai tampando meus olhos do feio e frio.




Vou estar por aqui, por algum tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário