domingo, 20 de março de 2011

Canção Sem Nome


Agora tem vento frio lá fora
Deixo o ar entrar
Meu peito anda pequeno
Dormência no coração
É tempo de distrair o que grita
Da janela canto para a lua e as estrelas
Como é difícil voar

A saudade penteou meu cabelo
Escovou meus dentes
Me botou para dormir
Apagou a luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário