sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Fosse o que fosse,
O impulso veio e se agarrou em mim.
Que diabos é essa melancolia????

A menina com uma flor semeia poesia,
No meu canto esquerdo.
Li e derramei sonhos pra dentro de casa
Comecei a seguir suas migalhas de pão sem fermento
Seu rastro de estrela.

Coloquei um band-aid, pronto,
Vou deixar sarar.
Clareou o dia!!!!!
Escolhi o esmalte mais cintilante,
Grampos ..... muitos grampos
No cabelo,
Gelatina pra comer
Olá prazer!!!!

2 comentários:

  1. A melancolia prefere o tango.
    Muitas vezes inaudível para nós mortais.
    E ela dança, dança e sorri.
    Enquanto nos perdemos nos passos insensatos que ela traz.

    Um beijo.
    E até breve.

    ResponderExcluir
  2. Hey poetiza! Viva a modéstia do pessoal de agosto-setembro, rss
    Migalhas de pão...será que sei a influencia que deu origem a esse verso...?
    Gostei e muito, ;*

    ResponderExcluir