quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Em dias assim,
Fico alegre como quem tem chorado muito.....
Dia sorrindo inteiramente para mim,
Nítido,
Azul..... azul infinito.

Sentada serena,
Braços brancos bem abertos,
Pernas livres de quem "não pensa em nada".

Deixo o sol entrar
Secar o mofo.

Eu que fico confusa, querendo entender,
Não sei o quê, e nem como.

E se for por incompetência dos astros???
E o tal mistério de que falam????

Fiquei fitando a vida ali....
Agarrando as idades,
Experimentando as molas para adaptar-me.

Nenhum comentário:

Postar um comentário