sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Passou ... Passou


Hoje a tristeza não mora comigo
Mas me visita, aí...... de vez em quando
Hoje não vivo mais como castigo
E já me vejo até cantarolando

E já me sinto um tanto mais robusta
Recuperada de antigas idéias

Já não carrego aquele ar velho
De portas fechadas e muros

Agora o tempo vai, não volta, o tempo muda
E esse tempo já não me atormenta
Passou ... Passou
E isso me acalenta

Sou mais alegre hoje, e já persigo
Umas vitórias, que eu vou conquistando
Hoje a tristeza não mora comigo
Só me visita, aí ..... de vez em quando

3 comentários:

  1. e é bom que a tristeza nos visite de vez enquando, às vezes a gente só acorda nesses momentos ou pelo menos sabemos que estamos vivos, a alegria do dia a dia (aquela passageira) nos engana, nos endureçe o coração...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. lindo! "Já não carrego aquele ar velho/De portas fechadas e muros" Consegui me identificar muito com esses versos.

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei muito com essa poesia, linda mesmo!!! *-*

    ResponderExcluir