domingo, 5 de setembro de 2010

De Carona



Enquanto ela corria
Olhava para o alto
Procurando a lua
E o mundo feio passava

Quando ela pensava em ir em frente
Pegava uns pedacinhos de afeto
Do secreto bem querer

Terra seca
Com sorrisos e sem pirueta

Desenhou sol e nuvens
Olhos castanhos em formato de montanhas

Então, sentiu que havia vento demais e muitos suspiros

Encheu a mala do sonho
E foi embora 

Nenhum comentário:

Postar um comentário