sexta-feira, 11 de setembro de 2009


Invadida de possibilidades que dormiam em mim,
Uma sensação de que nada vai dar errado,
Que o acaso vai me proteger.


Já aqui há tempos, vinte e sete tempos exatos, brincando no futuro.

É um preenchimento de querer......
A vida agora, desenhada em linhas celestiais, entre mundos.
E o que fica aberto é o amor.
Este sentimento glitter, que invade e derrama.
Agradecida imensamente,
Pelos gigantes que apareceram no seu coração.


Encanto de vida!

Nas passagens vejo vantagens.
Nas viagens perdidas, nas viagens encontradas.
Insisto em cantar, em penetrar,
Neste meu EU Forever.


Contente com os tons diversificados.
No VALOR sem medida da experiência pessoal,
Feita de perfume, vento e suor.
Sugerindo sempre sonhos,

Desejando a felicidade em alguma esquina de nuvens,
Isso me soa impecável, quando o que se Quer quando se é humano.


Tem muitos pássaros voando ao meu redor agora.
Deve ser essa angustiante vontade de voar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário